Goes around, comes around

II Capítulo

Geral Cap 2 - Parte 14

Ler ouvindo:  Justin Timberlake – What Goes Around, Comes Around

Parte 14

Ela se despediu da gente e foi embora. Enquanto não dava a hora de nos arrumarmos, ficamos jogando papo fora, comentando sobre as possibilidades da noite e  outras bobagens. Antes das 19h, já estava tudo preparado e, sem grandes ajustes a serem feitos, fomos nos vestir – evitando deixar essa parte indispensável para o último momento.

No real começo da noite estávamos todos prontos e hilários, os meninos principalmente! Por volta das 20:15h as meninas apareceram e aos poucos foram chegando os outros convidados.

Diogo – Que horas a Nathália ficou de chegar aqui?

Camila – Ela disse que mandaria mensagem avisando.

Diogo – E a Patrícia não vai achar estranho o caminho?!

Camila – Não, porque a Nathália decidiu inventar que eu também ia no tal jantar.

Felizmente o pessoal foi pontual, e antes das 21h todos estavam presentes. Quer dizer… Todos menos a Débora.

Mandei mensagem para a Nathália dando a situação da festa. Logo ela respondeu dizendo que já estava a caminho e que no máximo em 15 minutos chegaria. Foi o tempo de organizar o pessoal próximo à porta, apagar as luzes, pegar os confetes e afins.

Raul – O que a gente grita quando ela entrar?

Fernanda – Vai só o “surpresa” mesmo!

Camila – Ei, povo! A Nathália deu um toque no meu celular avisando que estão subindo. Silêncio! – Ouvimos o barulho delas no hall – Shiiii!

Patrícia – Você não vai tocar a campainha?

Nathália – Não. A Camila disse que tava terminando de se vestir e ia deixar a porta destrancada pra gente entrar.

Patrícia – Então tá – a maçaneta da porta se moveu e nos preparamos para gritar…

Todos – SURPREEEEEEEEESAAAAAAAA!!!! Parabéns pra Pateta, nessa data querida… – entonamos o parabéns, enquanto ela se emocionava entre sorrisos. – Discurso! Discurso! – gritamos e ela ficou um pouco envergonhada.

Geral Cap 2 - Parte 14.1

Camila – Vai! Vai ter que falar!

Patrícia – Ai gente! Assim não é justo. Tão pouco tempo que voltei, nem organizei nada direito e ser pegue assim de supetão?! Sei que não cheguei a ver boa parte de vocês… E nossa! Vocês estão trocados. Putz, Ricardo, você tá uma graça nesse vestido! Mas falando sério… Senti muito a falta de todos e acho que não poderia ter tido surpresa melhor! Vocês sabem que tem um lugar especial na minha vida. E chega dessa besteira que não sou político pra ter palanque! – O pessoal gritou, brindamos e ela fez sinal me chamando.

Camila – Oi. Feliz aniversário adiantado… – dei um abraço apertado nela!

Patrícia – Sei que você é responsável por boa parte disso. Obrigada de verdade! – disse durante o abraço. – Ah! E você tá muito linda nessa roupa! – Abriu um sorriso enorme pra mim.

Camila – Não vai conseguir me deixar envergonhada!

Patrícia – Tudo bem!

Nathália – Desculpa interromper. Vou lá em cima me trocar, tá? Já volto.

Patrícia – Mas e eu?! Vou ficar de mulherzinha?

Camila – Era mais ou menos a ideia.

Findada a primeira parte da surpresa, subimos todos para o terraço que era onde a festa estava montada e o dj, colega nosso,começou a tocar.

Nathália – Cheguei!

Clara – Ai que fofo! Tá parecendo um rockeiro chique!

Camila/Patrícia – Verdade! – risos.

Nathália  – Vou ficar mal acostumada com elogio, Clara!

Clara – Cuidado com isso.

Geral Cap 2 - Parte 14.2Nathália – Tomar cuidado por quê?! Eu gosto é do sabor do perigo! – rimos enquanto ela bebia.

A Patrícia foi conversar com os amigos dela, um a um. E eu resolvi manter uma relação estranha com o meu relógio. As horas passaram e nem sinal da prima do Diogo! Bastou eu resmungar comigo mesma para que o “problema” se resolvesse.

(quase 23h)

Camila – Oi. Bem-vindos!

Débora – Obrigada! Esse é o Alexandre. Alê, essa é a Camila, a dona da casa.

Camila – A gente já se viu no Delícias, mas não foi apresentado, acho. Prazer. Fiquem a vontade!

Alexandre – Valeu! Muito legal seu ap.

Camila – Obrigada.

Débora – Onde está a aniversariante?

Camila – Logo ali conversando com alguns amigos. Com licença, preciso ver como estão as coisas na cozinha. – Saí…

É claro que fiquei com o humor entre a chateação e o susto. Não esperava vê-la acompanhada daquele “rapaz”. Concentrei-me na festa! Não queria estragar o aniversário da Patrícia. Desci, informei que o jantar poderia ser servido.

Clara – Tá precisando de ajuda?

Camila – Não, tá tudo certo!

Nathália – Tem certeza cunhadinha?

? – Cheguei muito tarde, ou tá na hora boa?!

Camila – Eita que hoje é dia…

Cinthia – Boa noite pra você também, Camila! Boa noite Clara! Oi piveta… – riu.

Clara – Boa – teve que segurar a Nathália pelo braço.

Camila – A festa é no terraço, Cinthia.

Cinthia – Ok, sei chegar lá. Quando subir, me procura Clara… – saiu.

Clara – Eu ouvi certo?!

Camila – Finge que não.

Nathália – Constantemente tenho vontade de matar essa menina… – subimos também.

A festa transcorreu na mais perfeita ordem. O jantar estava delicioso e leve, a música tava legal, o set do Fabinho era bem eclético e a Patrícia parecia estar se divertindo. Isso era o mais importante da noite.

Com mais da metade das bebidas consumidas, algumas pessoas animadas demais –“leia-se”: Duda, Diogo, Cinthia (que não precisa da bebida pra nada) e alguns amigos da aniversariante, se jogaram na piscina e, claro, não pouparam a Patrícia.  Já a Débora estava sentada conversando com o ex. dela; e eu, convenientemente sentada de costas para a mesa deles, estava com a Clara e a Nathália.

No meio da madrugada os primeiros convidados começaram a ir embora.

Por volta de umas quatro e meia da manhã a Patrícia saiu da piscina ensopada naquele vestido longo preto que devia estar pesando um mundo, pegou o salto que estava próximo a borda e caminhou até mim.

Patrícia – Nossa! Que frio que deu agora! Mil, me empresta qualquer roupa sua pra eu tirar esse vestido, por favor?

Camila – Precisava nem pedir, já ia oferecer. Vamo lá no quarto…
Clara, eu vou passar e vou trancar de novo as portas. Você tá com a outra chave, né? Então qualquer coisa já sabe.

Clara – Ok. Vão logo antes que ela pegue uma pneumonia! – Risos.

Camila – Olha o exagero que você nem bebeu muito, ao contrário de mim!

Nathália – Oba! Finalmente a sós – risos.

Camila – Que é isso, ow molico? Tava querendo me expulsar?

Nathália – Não cunhadinha, você sabe que não! – Saímos.

(no caminho para meu quarto)

Patrícia – Tá “bebinha”, Mil?

Camila – “Levemente” alcoolizada! – Ri.

Patrícia – Olha que oportunidade perfeita pra eu convencer você a me dar um certo presente de aniversário – chegamos ao quarto.

Camila – E quem disse que eu não vou te dar o que você quer sem precisar ser convencida? – Assim que passamos da porta, ela encostou as costas na parede e me puxou…

Patrícia – Até queria pagar pra ver, mas e se eu não estiver a fim de esperar?

Camila – Apenas vai perder a oportunidade de, de repente, ser surpreendida – sussurrei no ouvido dela e me afastei um pouco.

Patrícia – Vamos ver! Deixa eu ir pro banho antes que molhe mais… a sua roupa.

Camila – Unhum… Uma pena!

Patrícia – O que exatamente? – Fui procurar algo pra ela vestir.

Camila – Também queria tomar banho, e outras coisas… – acho que bebi um pouco além da conta, pensei. – Será que essa roupa serve? – coloquei uma blusa e uma calça em cima da cama.

Patrícia – Serve sim – foi ao meu banheiro tomar um banho quente e trocar de roupa.

(no terraço)

Clara

Duda/Diogo – Clara!

Clara – Oi? – a Nathália pediu licença.

Diogo – Leva a gente pra se recompor da piscina – falou com um pouco de soluço enquanto a Débora se aproximava.

Clara – Tá mais pra lá do que pra cá, né Diogo?

Diogo – To mesmo. Vamo comigo Dé?

Débora – Pra onde?

Diogo – Vou trocar de roupa e me – soluço – secar.

Débora – Tá. Deixa eu só falar com o Alê.

Diogo – Ok – ela saiu.

Duda – Lá, a Cinthia também vai.

Clara – Fazer o que, né? Não quero levar culpa de ninguém doente.

Duda – Não por isso, quem mandou ela entrar também?

Diogo – A certeza de que a Clara é  “boazinha” pra essas coisas.

Clara – Parem com isso que não quero ter uma atitude infantil porque vocês ficam atiçando a bosta do meu orgulho!

Diogo – Ui! Ok.. – risos.

Débora – Alê, desculpa, mas vou ter que “cuidar” do Diogo e acho que leva-lo pra casa também.

Alexandre – Tudo bem! Não tem problema, eu espero vocês!

Débora – Não precisa. Você vai ficar aqui sozinho.

Alexandre – Que é isso, faço questão. Fico aqui numa boa, apesar dessa roupa…

Débora – Então tá certo. Assim que ele se ajeitar venho aqui te chamar e a gente pode ir.

Alexandre –  Tudo bem, relaxa.

Clara

Clara – Dé?!

Débora – Oi, Lá.

Clara – Vamo que o Dih tá dando trabalho – descemos.

Diogo – Deixa eu ir lá pro quarto onde estão minhas coisas e eu vou primeiro que sou a única “dama” entre vocês – rimos.

Clara – Peraí que também vou rapidinho no banheiro.

Débora

Ficamos eu, a Duda e a Cinthia esperando.

(quarto da Camila)

Camila

Patrícia – Ótimo tirar aquele vestido e sentir meus pés no chão de novo.

Camila – Imagino. Se for comparar sua “ex-roupa” com a que eu estou, a minha é super confortável – ela se aproximou de mim novamente.

Patrícia – Mesmo o smoking sendo confortável, não vale a pena ficar sem?

Camila – Não sei. Testa pra tirar a prova… – ficou mais perto de mim, colocou as duas mãos por dentro do paletó e tirou.

Patrícia – Ups! – Sorriu e começou a desabotoar minha camisa. Não aguentei mais. Deixei as reflexões pra depois!

Coloquei as duas mãos no pescoço dela e puxei seu rosto duma vez pra mim e a beijei. Ela se jogou nos meus braços, cravou as unhas na minha cintura por cima da blusa e me apertou. A cada encaixada de boca, a cada chupada que ela dava na minha língua eu ficava mais tonta…

(lado de fora do quarto)

Débora

Débora – Cinthia! Onde você vai? – fui com a Duda atrás dela.

Cinthia – Ué, quero ver se o quarto da Camila ainda é o mesmo… – riu e logo em seguida, quando parou na porta do  quarto (que estava aberta), prendeu uma gargalhada e ficou estática. Assim que chegamos a porta, segundos depois, eu e a Duda entendemos tudo. Sem conseguir mais se segurar, a Cinthia deu uma risada alta e bateu palmas…

Anúncios

6 respostas para “Goes around, comes around

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: